Profissionais da SORRI-BAURU realizam vivência em Portugal


Entre os dias 1º e 10 de outubro, as profissionais da SORRI-BAURU, Juliana Marinho Antoniucci (fisioterapeuta), Patricia Ramos Bueno Alexandre (fonoaudióloga), Janaina Senhorini dos Santos (fisioterapeuta) e a coordenadora do Projeto “Bebês Prematuros: programa de estimulação ao desenvolvimento e apoio emocional às mães”, Olga Maria Piazentin Rolim Rodrigues, da Unesp Bauru, estarão em Portugal para visitar Instituições e as Equipas Locais de Intervenção Precoce (ELI´s). Grupo que atua na avaliação e intervenção direta com bebês prematuros em Portugal e é constituído por equipes multidisciplinares com base em parcerias institucionais envolvendo Educadores, Enfermeiros, Pediatras, Serviço Social, Psicólogos e Terapeutas Ocupacionais.

O objetivo dessa vivência é conhecer como os portugueses atuam com esse público. Eles, inclusive, são referências quando o assunto é atuar com bebês prematuros. Além das experiências com as ELI´s, esse período em solo europeu, contempla visitas à Universidade do Porto e à Escola Superior de Educação de Lisboa. É importante ressaltar que essas ações fazem parte do Projeto “Bebês Prematuros”.

Iniciado em Março de 2018, o Projeto é uma parceria entre a SORRI-BAURU e a Unesp Bauru, aprovado pelo Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência PRONAS/PcD e conta com patrocínio do Itaú, Lwarcel CelulosePaschoalotto, Tilibra, Finamax, Lupo e Pessoas Físicas, por meio da destinação de imposto de renda.

Até 2020, o Projeto espera promover o desenvolvimento físico, social, perceptual, cognitivo e de linguagem de 150 bebês prematuros, identificar indicadores emocionais das mães desses bebês e preparar as equipes da Saúde da Família para avaliar e identificar as necessidades desse público, segundo os padrões que serão estabelecidos nos protocolos que resultarão do projeto, e procederem à estimulação precoce realizando os encaminhamentos que forem necessários.


Galeria de fotos