SORRI-BAURU e Instituto Cooperforte em mais uma parceria que proporciona a “Oficina de Confeitaria – Bolos e Tortas”


Com o patrocínio do Instituto Cooperforte, os alunos se qualificarão tendo material, espaço renovado e equipamentos novos.


Em 2018 a SORRI-BAURU e seus parceiros formaram 211 pessoas em 8 cursos. Para o primeiro semestre deste ano, são 136 matriculados em 7 cursos.

Para o novo curso de “Oficina de Confeitaria – Bolos e Tortas” são 30 alunos matriculados, para uma carga de 419 horas de aulas teóricas e práticas. Graças a mais uma parceria com o Instituto Cooperforte, esse ano teremos um espaço renovado, equipamentos novos, material robusto e personalizado.

O espaço que era um quiosque esportivo está sendo reformado e adaptado às necessidades dos alunos, e será inaugurado dia 16 de maio.

No curso, os alunos aprenderão desenvolvimento pessoal e gerencial, comportamento, habilidades sociais e conceitos importantes para o sucesso no mercado de trabalho, além do conteúdo específico.

Diversos profissionais, entre os quais assistentes sociais, psicólogas, terapeutas ocupacionais e instrutores participam do processo de instrução, desde a avaliação funcional, adequações necessárias, aulas teórico-práticas, orientações, entre outros. O objetivo é a melhoria da qualidade de vida dos alunos por meio do desenvolvimento pessoal, das relações interpessoais, da inclusão social, da autodeterminação, do acesso aos direitos sociais, e também, da geração de renda.

 

Instituto Cooperforte

O Instituto Cooperforte têm como objetivo ampliar o alcance das iniciativas sociais da COOPERFORTE, sua mantenedora. Qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, o Instituto reúne e alinha práticas de responsabilidade social, cumprindo o sétimo princípio do cooperativismo: Interesse pela Comunidade.

Com atuação nacional, o Instituto Cooperforte contribui para a transformação socioeconômica de pessoas e organizações sociais, a partir da capacitação e inserção no mundo do trabalho. Em 15 anos de história, já impactou a vida de mais de 90 mil cidadãos – entre jovens, adultos e pessoas com deficiência, por meio de uma visão ampla do trabalho como meio de transformação social.


Galeria de fotos